Category

Novidades Guia do Consultório

Category

No Brasil, a medicina integrativa tem sido abordada em hospitais de referência como Sírio Libanês e Albert Einstein. Com a criação da PIC – Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PIC) em 2006, também vem sendo adotada no SUS – Sistema Único de Sáude. Inclusive, a OMS – Organização Mundial da Saúde – desenvolveu esse modelo buscando implantar procedimentos alternativos nos sistemas públicos de saúde. A medicina integrativa é adotada, principalmente, em áreas da oncologia, cardiologia, dores e pediatria, disponibilizando ao paciente tratamentos alternativos como: acupuntura, yoga, aromaterapia, fitoterapia, homeopatia, etc. O que é medicina integrativa? A medicina integrativa é caracterizada por uma equipe médica multidisciplinar que, de maneira integrada, realiza o diagnóstico do paciente com base em seus aspectos físicos, emocionais e mentais. Somente a partir dessa análise é que o médico adota um tratamento para a cura da doença. Segundo Paulo de Tarso Lima, esta prática tem…

O prontuário digital pode mudar a rotina de trabalho de uma clínica médica. Afinal, essa tecnologia é a promessa de substituição de papéis, arquivos e pastas com registros dos históricos dos pacientes, tornando o acesso a esses dados mais dinâmico e seguro. Você continua utilizando os prontuários tradicionais e arcaicos? Então não pode deixar de conferir este post. Continue a leitura e descubra por que aderir ao prontuário eletrônico é um ótimo investimento para o seu negócio. O que é um prontuário digital Também conhecido como prontuário eletrônico do paciente (PEP), essa ferramenta tecnológica é utilizada para registrar, armazenar e disponibilizar informações sobre o histórico de saúde, consultas, resultados de exames e tratamentos de um paciente a qualquer momento e em qualquer lugar. Ao contar com o prontuário digital, basta ter um dispositivo eletrônico em mãos com acesso à internet, como um smartphone, tablet ou notebook, para visualizar todos os dados…

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou uma nova Resolução para regularizar o funcionamento de clínicas populares no Brasil. Esse estabelecimento médico tem crescido em todo país e, com o crescimento do número de reclamações dos pacientes, foi necessário lançar um documento com regras e limitações de funcionamento. A Resolução nº2.170/2017 define regras em relação a: divulgação dos preços de consultas e procedimentos; comercialização de próteses, implantes, insumos médicos, ou medicamentos; obrigatoriedade de as clínicas populares estarem inscritas no Conselho Regional de Medicina e também indicarem um Diretor Técnico Médico responsável pelo seu funcionamento. Algumas das regras são do texto, são: Divulgação de preços e publicidade de clínicas populares As clínicas populares são conhecidas por seus preços acessíveis e pela facilidade em se encontrar tabelas de valores de consultas e procedimentos. A partir de agora estão vedados os anúncios publicitários com indicação de preços de consultas ou formas de pagamentos…