Médicos e Smartphones. Uma relação a se observar!

Atualmente, quase que como uma extensão de como usamos os Smartphone em nossas vidas pessoais, médicos vêm utilizando dispositivos móveis em consultórios e hospitais como um auxílio, ferramenta ou mesmo acesso a informações privilegiadas para sua área de trabalho. Recentemente, uma pesquisa foi realizada para explorar e entender como os profissionais de saúde usam dispositivos móveis no cenário clínico. O estudo foi realizado com 109 médicos e mostrou que 91% possuíam um Smartphone e 88% usavam seus aparelhos móveis com frequência no cenário clínico. A maioria dos médicos (84/109; 77%) possuía um iPhone em vez de um Smartphone Android, e a maioria (96/109; 88%) usava seu dispositivo móvel com frequência no ambiente de trabalho. Mais de um quarto (29/109; 27%) usou dois ou mais dispositivos ao mesmo tempo no cenário clínico. Os participantes relataram ter recebido comentários de pacientes, estudantes médicos e colegas de trabalho sobre o uso do dispositivo móvel. Apenas 10% reportaram comentário negativo de um paciente. Os médicos usam em seus dispositivos móveis, softwares de gestão, aplicativos de fotografia e ferramentas de comunicação, para aumentar a eficiência no local de trabalho. No ambiente atual, os médicos estão tomando suas próprias decisões com base no equilíbrio entre os riscos e benefícios do uso desses dispositivos no cenário clínico. Mas vamos com calma, há necessidade de diretrizes sobre o uso aceitável e ético centrado no paciente e sua privacidade, e isso pode ser uma cultura construída em cada clínica/hospital, de acordo com a demanda.

Cuidados com as publicações em redes sociais

As redes sociais podem ser uma ferramenta importante para aumentar a conscientização sobre os cuidados com a saúde e envolver os pacientes com um conteúdo relevante criado pelo seu médico. No entanto, médicos devem ter cuidado com o tipo de conteúdo publicado tanto em suas páginas pessoais, quanto profissionais. Uma dica é buscar um equilíbrio para proteger a privacidade do paciente e evitar erros de relações públicas. Esse equilíbrio também exige conhecer sua equipe e fazer esforços para mostrar o orgulho em trabalhar em determinada instituição de saúde.Uma boa política de mídia social pode levar a uma experiência mais positiva para os médicos e seus pacientes. Por isso, as instituições devem manter as orientações simples ao desenvolver uma política para o uso de redes sociais. Idealmente, os Smartphone vieram para melhorar a melhorar a imagem profissional, ajudar a garantir um desempenho melhor durante seus atendimentos e até garantir que o local de trabalho seja produtivo e focado. Entender as limitações da tecnologia e os as demandas de seus pacientes certamente vai trazer o melhor resultado para sua clínica!

Histórias recentes

Aumente sua Visibilidade, Agende mais consultas e conquiste novos pacientes!

Crie sua identidade online, tenha seu perfil em destaque no BoaConsulta e indexado por buscadores como Google e uma série de serviços para auxiliar no dia a dia de seu consultório como telemedicina, receita digital, agendamento online, prontuário eletrônico, dentre outros, saiba mais!

Posts recomendados