Na faculdade sempre ouvimos como era difícil conseguir pacientes para certos campos específicos, como dermatologia, ou para profissionais nutricionistas, por exemplo. Era um mantra que tinha que ser repetido por todo profissional especializado considerando quantos dermatologistas se formam a cada ano, sem mencionar como essa especialidade geralmente consegue atender mais pacientes em um único dia do que um médico de família. Mas vivendo em grandes cidades, os médicos só precisam se associar a um serviço de convênio médico e o problema parece resolvido, correto? Nem sempre. O que se nota, é que quanto menos urbanas as áreas, maiores são os números de cancelamentos aos compromissos médicos, e quanto de agenda em aberto na última hora costuma-se ter. Será que a falta de disponibilidade do médico não se deve apenas à falta de um médico, mas à forma como os pacientes agendam e comparecem às suas consultas? Intrigado, o pesquisador da Universidade do Texas, Zuhair Siddiqui, MPH, decidiu examinar mais profundamente o fenômeno e partiu para ver o efeito que o ato de reservar online versus por telefone teve na hora da consulta. Um estudo de seis meses comparando o que totalizou 130 consultas feitas on-line e por voz.

Os cancelamentos dos agendamentos online é pelo menos 3 vezes menor que dos agendamentos por telefone.

Os resultados foram aceitos e publicados no periódico eletrônico indexado por MEDLINE, Dermatology Online Journal. Eles mostraram que o não comparecimento (cancelamentos e não comparecimentos) foi de 6,9% entre os pacientes que reservaram online. Por outro lado, as taxas de não comparência às consultas de dermatologia feitas por telefone variaram de 17 a 31%.

Agendamentos online tem mais informação e são mais pensados que os pelos métodos tradicionais. 

Por que os compromissos online foram cancelados com menos frequência? Uma explicação é que quando os pacientes têm acesso a avaliações, informações práticas e todos os horários disponíveis para todos os médicos que estão considerando de uma só vez - como fazem quando fazem reservas online - eles podem escolher o melhor horário e médico para suas necessidades específicas. imediatamente. Isso reduz alguns comportamentos problemáticos comuns ao agendamento por telefone, como fazer um compromisso de “backup” de cada vez ou com uma clínica com a qual os pacientes não estão 100% satisfeitos, apenas para cancelar ou ignorar esse compromisso quando um ajuste melhor for encontrado em uma chamada subseqüente.

Agendamentos online não é apenas para as grandes cidades

Também foi aprendido algo fascinante: Quanto mais rural o cenário, menor a probabilidade de os médicos usarem a reserva on-line. Em outras palavras, nos lugares onde mais pacientes estão lutando por menos médicos, cancelamentos e não comparecimentos são os mais altos. Isso sugere que a reserva on-line pode ser um ativo, mesmo para os médicos que devem, com base nas proporções médico-paciente, estar muito ocupados. E do lado do paciente, a migração contínua para a realização de consultas on-line para ajudar a aliviar as frustrações de sentir que é muito difícil encontrar um bom médico, especialmente quando você quer ou mais precisa de um. Não deixe esse tipo de gap na sua agenda, conheça o BoaConsulta, e deixe para trás o tempo dos cancelamentos desnecessários!

Write A Comment