Deseja abrir um consultório médico? O mercado da saúde é promissor. Os brasileiros gastam cerca de 20% da sua renda em cuidados com a saúde. Já as famílias mais ricas destinam cerca de 30% do seu orçamento para este fim, incluindo tratamentos e serviços médicos especializados.

Médicos iniciantes, geralmente, começam a vida profissional abrindo um consultório menor, o que significa mais concorrência. Muitos pensam que, assim, terão um maior grau de autonomia, com maior flexibilidade para determinar seu fluxo de trabalho.

Além disso, a possibilidade de "ser seu próprio chefe" é um grande incentivo para os médicos iniciantes optarem por entrar nesta empreitada. A boa notícia é que pode não ser tão complicado abrir um consultório médico e esse objetivo pode estar ao seu alcance se você seguir alguns passos certeiros. Hoje vamos falar sobre algumas iniciativas que podem tornar o caminho para abrir um consultório médico menos tortuoso.

Estude o mercado

Para entrar neste mercado de forma diferenciada, você precisa estudá-lo e traçar um plano de negócio como ocorre antes da abertura de qualquer empresa. Afinal, para se destacar e ter sucesso, você vai precisar entender o mercado da região onde você vai se estabelecer para poder oferecer atendimento personalizado, facilidades de pagamento, localização estratégica e agilidade no atendimento.

Faça uma análise da concorrência

Isso é fundamental porque apesar do mercado promissor, você vai precisar apostar na diferenciação. Somente sabendo o que os outros estão fazendo, você será capaz de se destacar por meio de um produto ou serviço único, uma localização privilegiada ou pela complementaridade de serviços. O ideal é ter o mínimo de concorrência possível.

Contrate um contador antes de abrir um consultório médico

Contrate um contador antes de abrir um consultório médico

Para registrar o seu consultório, o ideal é contratar um contador logo no início. Ele vai orientá-lo na escolha da forma jurídica que mais se adéque ao seu projeto e ajudá-lo a preencher os formulários exigidos pelos órgãos públicos para a abertura da empresa.

Alugue uma sala

Uma vez que você já adquiriu um CNPJ e contratou um contador, estará pronto para começar a montar a sua clínica, alugando um espaço adequado para prestação de serviços relacionados aos cuidados com a saúde. Antes de alugar um imóvel, considere o perfil do público local, se o acesso é facilitado, a visibilidade, a proximidade com os clientes, a segurança e a limpeza da região.

Além disso, observe que algumas regiões são tradicionalmente conhecidas por concentrarem clínicas, consultórios e hospitais. Isso ajuda a atrair mais pacientes para o seu negócio.

Se você for precisar realizar qualquer tipo de reforma no espaço escolhido, certifique-se sobre o orçamento necessário e comece o mais cedo possível. Caso contrário, você poderá demorar mais do que o esperado para abrir o seu consultório.

Contrate uma secretária para seu consultório

As práticas médicas são baseadas na confiança. Uma secretária precisará lidar com uma grande quantidade de informações sensíveis do paciente todos os dias, pois eles estão literalmente confiando a você os cuidados da sua vida. Ela também deverá ser confiável para executar as operações do dia a dia da sua clínica. O ideal é que seja uma pessoa responsável, dedicada e, se possível, com experiência nesta função. Afinal, você está começando e alguém mais preparado vai agregar mais.

Você pode considerar a contratação de um consultor profissional para garantir a seleção de um profissional experiente. Claro que isso envolve custos, mas pode garantir uma seleção de currículo mais criteriosa e testes bastante efetivos com as candidatas. Ou seja, trata-se de um investimento e não de uma despesa.

Tenha um sistema de gestão para sua clínica

Tenha um sistema de gestão para sua clínica

Antes de abrir um consultório médico, você também deve considerar a utilização de um sistema de gestão. Os sistemas de registro eletrônico voltados aos cuidados com a saúde são ferramentas que não podem faltar atualmente. Mais do que nunca, digitalizar os registros médicos e ter a tecnologia como aliada no dia a dia dos processos devem ser uma prioridade.

Um software abrangente e específico vai além do registro eletrônico. Você poderá reunir o histórico de seus pacientes, agilizar a comunicação com entre os funcionários, otimizar a prescrição das receitas médicas e ainda facilitar o controle financeiro e administrativo da sua clínica.

Está pensando em abrir um consultório médico? Clique aqui e ganhe um teste grátis do sistema BoaConsulta.

Write A Comment