Medir e avaliar a quantidade de pacientes atendidos, bem como se eles estão satisfeitos com o serviço oferecido e acompanhar o faturamento do mês para saber se ele será positivo são pontos muito importantes para o bom andamento de uma clínica médica.

Mas, como ter todos esses dados em mãos? Com base em parâmetros capazes de fornecer informações sólidas e confiáveis sobre o funcionamento da empresa, chamados de indicadores de desempenho, isso é possível. Já, sem eles, garantir segurança e tranquilidade em qualquer decisão administrativa que será tomada no empreendimento se torna uma missão muito difícil.

Por isso, todo gestor deve investir em bons indicadores de performance, os quais devem estar alinhados aos objetivos da clínica, que podem incluir, por exemplo, a sua estabilidade financeiramente ou a possibilidade de ampliar o negócio e aumentar a lucratividade.

Precisa descobrir como estabelecer e acompanhar os indicadores de desempenho da sua clínica, com excelência? Então, este post é para você! Aqui, você vai encontrar quais são os principais fatores que não podem ser deixados de lado na hora de implementar e avaliar a performance da sua empresa. Vamos conferir quais são eles?

Observar os objetivos e as necessidades da empresa

Em primeiro lugar, um indicador de performance precisa ser útil para a clínica, ou seja, ele deve fornecer dados que definem se as metas estão sendo atingidas. Por isso, é essencial que a organização tenha os seus objetivos e necessidades muito bem definidos. O que você deseja para o seu negócio? Um crescimento rápido? Nesse caso, é preciso avaliar, principalmente, os indicadores de novos pacientes e de faturamento.

Estabelecer indicadores alinhados aos objetivos do negócio

Como já foi citado no tópico anterior, os indicadores precisam ser convenientes para a empresa. Por esse motivo, elencamos quais deles são os mais importantes dentro de um estabelecimento da saúde.

Produtividade da equipe médica

Para avaliar a produtividade da equipe médica e de toda a clínica, uma boa alternativa é utilizar o ROI, sigla para retorno sobre o investimento, do inglês, return on investment. Com esse cálculo, é possível relacionar a quantidade de recursos utilizados pelos profissionais e a taxa de retorno sobre todo o investimento, o que define também se a administração do negócio está sendo eficiente.

Satisfação dos pacientes

Saber se os seus pacientes estão satisfeitos com o atendimento recebido na instituição é muito importante para o seu sucesso. Entre os quesitos que devem ser avaliados estão as instalações da clínica, o nível de conforto, limpeza e organização oferecido, a pontualidade dos profissionais, e, principalmente, a cortesia de toda equipe.

Se a impressão dos seus clientes está sendo negativa, a tendência é que eles não voltem a procurar pelo serviço. Por isso, é necessário ficar de olho nesse índice e investir em melhorias para que isso não acabe prejudicando a empresa.

Uma boa forma de se avaliar esse indicador é por meio das pesquisas de satisfação. Ao fim de cada consulta, forneça formulários de avaliação sobre a clínica, abordando a opinião sobre infraestrutura e qualidade do atendimento, por exemplo. Dessa maneira, vai ficar muito mais fácil detectar quais pontos precisam de melhorias de acordo com o personagem mais importante para a clínica: o seu paciente.

Tempo na sala de espera

O tempo que o seu paciente aguarda na recepção até ser chamado para a consulta também é uma métrica importante, visto que representa um índice muito claro da eficiência do atendimento oferecido pela clínica.

Taxa de cancelamentos e faltas nas consultas

Esse indicador aponta o número de pacientes que cancelam ou simplesmente não comparecem às consultas. Um alto índice de cancelamento e faltas pode ser sinal de falha no atendimento, pois isso mostra que os pacientes podem estar procurando outros profissionais para solucionar seus problemas de saúde.

Número de pacientes que não marcam retorno

Se o atendimento prestado na clínica está deixando a desejar, o que reflete na insatisfação dos clientes, a taxa de pacientes que não retornam as consultas é elevada.

Outro motivo para que o retorno não aconteça também envolve a falta de preocupação das pessoas com a manutenção de sua saúde. Assim, logo após os sintomas desaparecem, o paciente entende que a doença já foi embora e que não precisa mais de um acompanhamento médico. Por isso, é muito importante que o profissional da saúde reforce sobre a importância de prevenção e cuidados constantes, o que aumenta o índice de retorno dos pacientes.

Faturamento

Por fim, não podemos deixar de destacar que avaliar o faturamento da clínica é muito importante para o seu desempenho a longo prazo. Sabendo qual é o lucro diário e com projeções para certos períodos, por bimestre ou semestre, por exemplo, é possível otimizar a administração do orçamento, focando sempre em economia. Contar com um sistema de gestão é uma boa estratégia, pois facilita o controle sobre as finanças.

Definir os responsáveis pela implantação dos indicadores

Depois de estabelecer quais são os objetivos da sua clínica e quais são os indicadores mais adequados para atingi-los, é preciso definir quais profissionais serão responsáveis pela implementação do projeto na prática.

Entre as funções desses funcionários estarão a coleta, registro e análise dos dados. Além disso, esses profissionais também devem orientar os demais colaboradores sobre o uso dos indicadores, tudo para aqui não haja desconforto ou estranhamento entre a equipe e para que os dados coletados sejam consistentes.

Criar uma base de dados relevante

Todas as informações obtidas por meio dos indicadores de desempenho devem ser registradas em uma base de dados. Assim, é possível avaliar a evolução da clínica e tomar decisões cada vez mais assertivas. Ter uma visão mais ampla do cenário em que a empresa está inserida é sinônimo de prevenção de riscos e permite que escolhas mais precisas sejam tomadas.

Mensurar os resultados

Os dados gerados pelos indicadores precisam ser avaliados para que você identifique se atingiu ou não o desempenho que esperava. Esse monitoramento deve ser constante para identificar falhas ou desvios e corrigi-los o mais rápido possível. Uma dica é utilizar aplicativos que auxiliam na análise para otimizar todo o processo. A criação de relatórios é outro ponto essencial, visto que, assim, todos os profissionais da clínica ficarão cientes sobre os resultados obtidos e as medidas que serão implementadas visando melhorias.

Os indicadores de desempenho são muito importantes para sua clínica. Como gestor, você tem a responsabilidade de estabelecer quais deles são os mais condizentes com os objetivos do negócio, implementá-los e avaliar se os resultados obtidos estão sendo satisfatórios.

Precisa de ajuda na análise dos indicadores de performance do seu estabelecimento de saúde? Entre em contato conosco e conheça nosso sistema de gestão. Aproveite!

Write A Comment