Prezar por uma comunicação médico-paciente de qualidade é um fator que deve ser considerado por toda clínica médica. Afinal, um atendimento em saúde é baseado em conversas para detectar sinais e sintomas e, assim, fechar um diagnóstico e propor o tratamento mais adequado para cada caso.  E você, sabe quais são os problemas que podem afetar essa relação? No post de hoje, vamos esclarecer o assunto e dar algumas dicas de como otimizar a comunicação no atendimento médico. Continue a leitura e descubra quais são os benefícios disso para o seu negócio. Vamos lá?

Principais problemas de comunicação entre médico e paciente

A relação entre um profissional da saúde e paciente pode ser cercada de problemas relacionados a uma comunicação deficiente. Entre os principais fatores que geram insatisfação estão: 
  • hierarquização no atendimento: acontece quando, na maior parte da consulta, é o médico quem fala e o paciente é colocado em uma posição inferior, o que faz com que o diálogo entre as duas partes seja desequilibrado e ineficaz;
  • vergonha de perguntar: muitos pacientes saem das consultas sem esclarecer todas as suas dúvidas e, muitas vezes, apelam à internet para suprir a ausência de informações;
  • palavras difíceis: utilizar termos técnicos dificulta o entendimento por parte do paciente e faz com que ele fique perdido em relação a sua condição de saúde;
  • explicação insuficiente: alguns profissionais acabam prescrevendo um tratamento sem explicar para que ele serve, como deve ser realizado e quais serão os próximos passos, o que pode deixar o paciente inseguro;
  • interrupções na consulta: quando o paciente é interrompido na descrição de seus sintomas, o que pode acontecer com a chegada de um enfermeiro ou um celular tocando, isso prejudica a sua comunicação com o médico;
  • falta de confiança: mais do que uma solução para os problemas, os pacientes desejam que o médico se importe com a sua condição de saúde e suas emoções relacionadas à enfermidade.

Melhores formas de otimizar a comunicação 

Uma comunicação eficaz entre médico e paciente está diretamente relacionada a resultados mais positivos no seu tratamento de saúde, o qual fica satisfeito com o atendimento recebido e não descarta a possibilidade de procurar pelo seu serviço no futuro. Por isso, vale a pena investir em estratégias que otimizem essa relação. Na sequência, separamos algumas dicas do que você pode fazer para melhorar a comunicação com os seus pacientes.

Procure ser claro e objetivo

Quando o médico preza pela clareza na comunicação, com uma linguagem objetiva e fácil de entender, a relação entre ele e seu paciente é automaticamente aprimorada.  Por isso, descreva todas as informações sobre o diagnóstico e tratamento da patologia com palavras simples e conhecidas pela população — sem termos médicos que impeçam que o paciente entenda qual é a sua verdadeira condição de saúde e as soluções disponíveis. 

Trabalhe a sua empatia

Ser uma pessoa empática, que percebe, sente e respeita a dor do outro, é uma oportunidade de se aproximar do seu paciente e melhorar a relação com ele. Assim, você consegue reconhecer a individualidade de uma pessoa, praticar um atendimento humanizado e ajudá-lo da melhor forma possível. 

Preste atenção e saiba escutar

Ninguém gosta de ser atendido por um médico que parece não prestar atenção em tudo o que você tem a dizer, certo? Por isso, você precisa trabalhar a sua capacidade de escuta, visto que relatar sintomas e seu histórico de saúde é muito importante para a recuperação e satisfação do paciente.  Para isso, é necessário ter muita concentração durante o atendimento, de modo que você consiga colocar sua atenção no paciente e solucionar o caso com agilidade e eficiência. E não se esqueça: saber escutar também é uma forma de demonstrar empatia e oferecer um atendimento humanizado e de elevada qualidade

Evite atrasos

Embora não pareça afetar a comunicação médico-paciente de modo direto, atrasos podem deixar uma pessoa irritada e prejudicar a relação no consultório médico.  Por isso, faça a consulta sempre no horário agendado. Afinal, não atrasar é um sinal de respeito e comprometimento do profissional. Para se organizar melhor, você pode contar com a ajuda da tecnologia e utilizar um sistema de agendamento online, por exemplo.  Ademais, outras ferramentas, como o prontuário eletrônico do paciente, conhecido como PEP, também ajudam a otimizar o tempo das consultas. Ele beneficia muito o atendimento, visto que permite que o profissional volte toda a sua atenção para escutar o paciente em vez de ficar procurando anotações em fichas de papel. 

Mantenha o contato após a consulta

Dar continuidade ao atendimento médico após o fim da consulta é uma atitude que mostra o seu comprometimento com a evolução do tratamento e melhora do paciente, garantindo a criação de um relacionamento de fidelidade entre vocês dois.  Esse contato para saber como está o tratamento, recuperação e sintomas pode ser feito por meio de uma ligação telefônica, troca de mensagens por aplicativos ou e-mail — novamente, a tecnologia atua como uma grande aliada para favorecer a relação entre médico e paciente. 

Benefícios de uma comunicação médico-paciente eficaz

Uma comunicação eficiente entre profissional e paciente gera benefício em todas as etapas de cuidados em saúde.  Primeiramente, ela reflete de forma muito positiva na qualidade e adesão ao tratamento pelo paciente, que vai sentir maior confiança nas propostas estabelecidas pelo médico para sua recuperação.  Além disso, uma boa conversa, na qual o paciente tem autonomia para dizer o que sente e interferir nas medidas estabelecidas, permite que o médico seja mais assertivo em seu diagnóstico. Dessa forma, ele é capaz de propor o tratamento mais adequado e, assim, deixar seus pacientes satisfeitos. Para a clínica, atingir as expectativas dos seus clientes é sinônimo de fidelização, preferência frente à concorrência e manutenção do negócio no mercado da saúde. Por conta disso, vale a pena investir em medidas para melhorar a comunicação médico-paciente — e você não pode ficar fora dessa. Comece hoje mesmo a procurar formas de melhorar a relação com seus clientes para usufruir dos seus benefícios. Que tal aproveitar que está por aqui para se informar um pouco mais sobre a importância do marketing médico? Boa leitura!

Write A Comment