Quando um médico investe em um estabelecimento próprio, seja uma clínica, seja um consultório, o profissional precisa ter algumas noções para a gestão do negócio, sendo que uma delas é a necessidade de consumidores. Nesse caso, como conseguir pacientes para consultório? Antes de tudo, precisamos deixar bem claro que tão importante quanto investir em atrair novos pacientes é fidelizar aqueles que já conhecem os serviços. Com essas duas ideias em mente, é possível trabalhar aspectos importantes, como visibilidade e excelência. Para esclarecer melhor, elaboramos este material com algumas medidas para os dois momentos, entendendo a necessidade de atrair a atenção do público, bem como de fidelizar os usuários. Confira!

Qual a visão dos pacientes?

Vamos começar entendendo alguns dos aspectos que os pacientes consideram no momento de escolher onde procurar pela assistência em saúde. Isso envolve tanto o local em si quanto os profissionais. Veja!

Experiência dos profissionais

Antigamente, existiam os chamados médicos de família. Nesse caso, não estamos falando da especialidade tão importante nos dias atuais, mas, sim, de profissionais de saúde que eram verdadeiras referências para determinada família, acompanhando todos os membros dela. Com o avançar do tempo e a melhora na gestão da saúde populacional, aumentou o número de médicos especialistas, bem como a necessidade de uma pessoa receber o cuidado especializado. Portanto, ao detectarem um problema de saúde, as pessoas já têm uma noção melhor de qual especialidade procurar. No entanto, mais importante que isso é a busca que fazem sobre o profissional. Com o advento da internet, isso tornou-se muito mais fácil, sendo possível identificar desde a formação profissional, passando pelos possíveis processos judiciais envolvidos, até as avaliações feitas por outros pacientes.

Localização do estabelecimento

Uma vez escolhido o profissional, chegou o momento de saber onde ele atende. De fato, não é possível se localizar de uma maneira que seja viável para todos os habitantes. Então, para a escolha do estabelecimento, considere seu público-alvo. O primeiro passo é estudar as redondezas: quais são os estabelecimentos ao redor? Existem possíveis concorrentes de negócio? Em seguida, avalie o trânsito: como estão as vias públicas? Os serviços de ônibus e metrô atendem à região? Existe estacionamento disponível? Os aplicativos de transporte conseguem acessar a área? São apenas perguntas simples, mas as respostas podem fazer toda a diferença para uma pessoa que considera agendar a consulta.

Atendimento recebido

Considerando que tanto os profissionais quanto o estabelecimento agradaram ao público, chegou o momento de olhar para o atendimento em si. Os princípios básicos para isso são a cordialidade e a empatia. Dessa forma, desde o momento do agendamento até a fase posterior à consulta, é necessário que os profissionais estejam aptos a resolver as demandas dos pacientes — tudo isso de maneira efetiva e, claro, mantendo o respeito e a educação.

Limpeza e comodidade

Embora já tenhamos comentado sobre a localização do estabelecimento, o ambiente interno também é determinante para atrair o olhar do paciente. Imagine uma pessoa que chega para a consulta e depara-se com uma sala de espera lotada e com o caos estabelecido. Viu só como o ambiente interno pode ser decisivo para a experiência do paciente? Além disso, a limpeza é outro aspecto essencial, ainda mais por se tratar de um ambiente de saúde. Então, oriente bem o setor responsável pela limpeza a escolher produtos adequados e manter sempre o ambiente o mais limpo possível.

Como atrair o olhar dos pacientes?

Comentamos acima sobre pontos principais que o paciente considera ao optar por determinado estabelecimento. Porém, como fazer com que o seu estabelecimento seja uma opção? Veja, abaixo, medidas importantes para atrair o olhar do usuário.

Invista na visibilidade para conseguir mais pacientes

Destacar-se diante dos concorrentes é uma missão que exige uma série de medidas. Para que seu estabelecimento seja uma opção para o paciente, ele precisa ter destaque diante dos demais. É nesse momento que o marketing começa a mostrar como é essencial. A tão almejada visibilidade pode ser alcançada pelo boca a boca, com um paciente indicando para outro. Você deve estar se perguntando quantas pessoas isso pode atingir, certo? A indicação é muito importante, mas nem sempre está relacionada apenas com uma conversa casual. As avaliações feitas nas redes sociais, ou mesmo no Google, podem atingir muito mais pessoas do que você imagina. Então, entramos em um ponto decisivo para a visibilidade: a tecnologia em prol do negócio.

Aposte nas mídias digitais para conseguir pacientes

Falar de tecnologia e visibilidade é falar sobre marketing digital. Atualmente, as pessoas estão cada vez mais conectadas, de modo que a internet ocupa cada vez mais o tempo e o espaço na vida de cada um. Então, de certa forma, manter uma presença digital significa também ocupar a vida de uma pessoa, nem que seja por um breve momento, mas que será o suficiente para que ela reconheça e tenha como referência o seu negócio. Portanto, crie um perfil em cada rede social e não deixe de postar conteúdos que agreguem valor para o seu público. Para isso, identifique os temas de interesse e que levarão valor para o usuário e, a partir daí, crie conteúdos informativos e interativos. Assim, haverá um vínculo diário entre o seu paciente e o seu negócio.

Atue no pós-consulta

Por fim, quando se trata de fidelização, mais importante que atrair o olhar do paciente é manter essa relação com ele. Já comentamos sobre a importância do marketing digital nesse sentido, mas existe outra maneira de garantir isso: o pós-consulta. Muitos gestores acreditam que a função do seu estabelecimento é prestar o atendimento e que, ao fim da consulta, a jornada do paciente também tem fim. No entanto, é indispensável atuar no pós-consulta, seja por meio da busca de um feedback, seja por meio das redes sociais. Já comentamos sobre o segundo aspecto, ou seja, continuar presente na vida dos pacientes por meio das postagens que agregam valor a ele. Mas trabalhar com feedbacks é uma maneira de saber o que o consumidor final acha do seu produto. A partir daí, é possível investir nos setores que requerem melhorias e investimentos. Mas como buscar o feedback? Ele pode ser físico, como um breve questionário a ser preenchido logo após a consulta, ou pode ser digital, enviado por e-mail em forma de formulário. Vimos, portanto, medidas importantes de como conseguir pacientes para consultório. Os aspectos citados exigem planejamento para o sucesso na implementação. Alguns deles podem ser observados pelo próprio gestor, já outros têm melhores resultados com uma equipe especializada, como o marketing, seja com a criação de sites responsivos, seja com o planejamento de conteúdo. Independentemente dos casos, não deixe de investir na atração e, principalmente, na fidelização dos pacientes! Gostou do conteúdo sobre como conseguir pacientes para consultório? Siga-nos em nossas redes sociais e não perca nenhuma dica para alavancar o seu negócio. Estamos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no LinkedIn!

Write A Comment